Saúde da Criança


PROGRAMA SAÚDE DA CRIANÇAc2

Objetivo:
  Acolher todas as crianças de 0 a 10 anos residentes no município de Curitiba, priorizando a faixa etária de 0 a 24 meses, oferecendo atenção integral com monitoramento do risco ao nascer e evolutivo, acompanhamento do processo de crescimento e desenvolvimento, assegurando um atendimento de excelência.

Como funciona:
O Programa Saúde da Criança prevê a atenção integral à saúde da criança, que inicia-se com a atenção pré-natal adequada oferecida pelo Programa Mãe Curitibana, com a garantia da presença do pediatra na sala de parto e o fortalecimento do vínculo afetivo mãe/bebê com a instalação do aleitamento materno.

Na maternidade, a realização dos testes de triagem neonatal – os testes do pezinho, do olhinho e da orelhinha e do coraçãozinho permitem a identificação e intervenção precoces, prevenindo danos à saúde infantil. O registro das informações importantes sobre a saúde da criança está na Caderneta de Saúde da Criança Curitibana.

O sistema integração maternidade/Unidade Básica de Saúde permite a captação precoce da dupla mãe/bebê, com o agendamento on-line para atendimento na Unidade Básica de Saúde, antes de sua alta da maternidade. Assim, dentro da primeira semana de vida o bebê e sua mãe são acolhidos pela equipe de saúde, são observadas as condições de nascimento (idade gestacional, peso, índice de Apgar, intercorrências) e sua mãe é orientada para eventuais dificuldades no aleitamento materno, cuidados com a higiene e prevenção de acidentes, entre outras orientações.

As crianças que apresentam fatores de risco ao nascer e/ou risco evolutivo recebem uma atenção priorizada por parte da equipe de saúde, com busca ativa e vigilância rigorosa em sua saúde. A cada vinda da criança à Unidade Básica de Saúde o profissional de saúde avalia se há situação de risco ou não, definindo um calendário de consultas para adequado acompanhamento de seu crescimento e desenvolvimento.

  Todos os pacientes egressos de UTI Neonatal e/ou com fatores de risco para o desenvolvimento são encaminhados a centros de referência para diagnóstico e acompanhamento multidisciplinar especializado, além do acompanhamento de rotina na Unidade de Saúde.

 Crianças menores de um ano que estiveram internadas ou passam por consulta médica em um dos Centros Municipais de Urgências Médicas (CMUMs) também são captadas pelos agentes comunitários para retorno à Unidade Básica de Saúde para avaliação e acompanhamento cuidadoso.

  O seu (sua) filho(a) pode ser acompanhado pela equipe de saúde da Unidade Básica de Saúde mais próxima de sua casa. Lá você receberá orientações quanto ao aleitamento materno, as vacinas que devem ser realizadas, o início de novos alimentos, cuidados para prevenir acidentes e como estimular seu bebê para promover o seu crescimento e desenvolvimento saudável.


Visita Domiciliar - A importância do Agente Comunitário de Saúde:
O agente comunitário é de grande importância no monitoramento das crianças. Caso a mãe com seu bebê não compareçam à consulta, ele realiza a busca ativa e orienta a mãe para a importância de cuidados essenciais com o bebê e o seu acompanhamento pela equipe de saúde; encaminha-os à Unidade Básica de Saúde, informando para levar a Certidão de Nascimento e a Caderneta de Saúde da Criança Curitibana para realização do cadastro da criança.

Além do cuidado com os bebês, o agente comunitário de saúde exerce importante função ao captar crianças com história de internamento e/ou que necessitam ser monitoradas pela equipe de saúde.

 

Download dos arquivos em formato pdf


Folder Segurança da Criança_frente

 

Folder Segurança da Criança_verso