Saúde orienta cuidados para quem viajou no fim do ano

Saúde orienta cuidados para quem viajou no fim do ano

A grande movimentação das pessoas para as festividades do fim do ano deixou os serviços de saúde em alerta. Para controlar a transmissão do novo coronavírus a Secretaria Municipal da Saúde (SMS) recomenda que quem está voltando de viagem faça isolamento domiciliar voluntário por pelo menos sete dias.

A orientação vale para qualquer destino, nacional ou internacional, seja a viagem de carro, ônibus ou de avião.

Aqueles que vão retornar ao trabalho os cuidados devem ser redobrados, com o uso constante de máscara, deixar ambientes arejados, higienizar as mãos com frequência e manter o distanciamento no ambiente de trabalho.

Outra recomendação é manter o afastamento de familiares que fazem parte do grupo de risco para complicações da covid-19, doentes crônicos e pessoas com mais idade.

“Se você foi viajar ou participou de confraternizações com pessoas de fora do seu núcleo familiar, espere o período de isolamento para visitar os avós, pai e mãe, amigos. Aguarde um pouco e fique atento aos sintomas”, orienta a secretária Municipal da Saúde, Márcia Huçulak.

Central 3350-9000

Durante os dias de isolamento a pessoa deve ficar atenta aos sintomas respiratórios como tosse, dor de cabeça, sinusite, dor de garganta e febre. Caso apresente qualquer um desses sintomas, ligue para a Central de Teleatendimento (3350-9000) para receber as orientações.

A Central da Prefeitura de Curitiba funciona de segunda a segunda, das 8h às 20h.

O isolamento mínimo também deve ser seguido por aqueles que já testaram positivo para o coronavírus anteriormente. Uma nova variante do vírus foi identificada em outros países, com grande circulação na Inglaterra. No Brasil também já foram registados dos primeiro casos dessa nova variante.

“Temos que evitar a transmissão dessa nova linhagem na nossa cidade. Por isso é importante que as pessoas cumpram o isolamento e fiquem atentos aos sintomas. Ao procurar um serviço de saúde informe sobre sua e viagem”, pede Márcia.