Prevenção de doenças e distúrbios nutricionais e assistência nutricional

Entendendo que a alimentação é fator de proteção ou de risco para ocorrência de grande parte das doenças e das causas de morte atuais, a Secretaria Municipal da Saúde (SMS) de Curitiba tem intensificado esforços para fortalecer a área de alimentação e nutrição, tanto com ações de promoção da alimentação saudável, quanto em ações de prevenção de doenças e distúrbios nutricionais e assistência nutricional.

As ações de prevenção de doenças e distúrbios nutricionais e assistência nutricional realizadas nas Unidades Básicas de Saúde (UBS) são:


Orientação nutricional na prevenção e tratamento de doenças:

  •  Participação das nutricionistas dos NAAPS nos grupos desenvolvidos nas UBS (ex: hipertensos, diabéticos, gestantes).
  •  As nutricionistas dos NAAPS possuem vários materiais que são utilizados nos atendimentos para situações específicas, como orientações para: diabete; hipertensão ou pressão alta; colesterol e/ou triglicerídeos altos; baixo peso; doença celíaca; gota/ácido úrico; baixa imunidade; diarreia; anemia por deficiência de ferro; intolerância à lactose; constipação; refluxo gastroesofágico, esofagite ou hérnia de hiato; gastrite ou úlcera gástrica; cálculo renal.
  •  A Cartilha ALIMENTAÇÃO PARA UMA VIDA SAUDÁVEL possui orientações para situações como: baixo peso; anemia; baixa imunidade; constipação; diarréia; gastrite ou úlcera; hipertensão; diabete; colesterol ou triglicerídeos altos; sobrepeso e obesidade; osteoporose.
  •   A Cartilha ALIMENTAÇÃO INFANTIL – ORIENTAÇÕES AOS PAIS – 2ª Edição possui orientações para situações como: anemia ferropriva; desnutrição; diarréia; constipação.
  •  Também existe distribuição orientada de folder sobre Alimentação Saudável para: diabete, pressão alta, colesterol e triglicerídios altos e excesso de peso.
  • Para o tratamento do excesso de peso em usuários das UBS existem os seguintes encaminhamentos:
    • Grupos de reeducação alimentar: destinados a crianças e adolescentes com sobrepeso e adultos e idosos com sobrepeso ou obesidade. Os grupos são coordenados pelas nutricionistas dos NAAPS e a nutricionista da Unidade de Saúde Mãe Curitibana / Unidade de Saúde Ouvidor Pardinho. Os demais profissionais dos NAAPS (profissionais de educação física, psicólogos, fisioterapeutas e farmacêuticos) também participam das atividades em grupo. Existe estruturação para que os grupos aconteçam em todas as UBS da SMS de Curitiba. A formação dos grupos acontece por faixa etária: 5 a 11 anos de idade; 12 a 19 anos de idade; 20 anos em diante. As atividades desenvolvidas levam em consideração as especificidades das faixas etárias.
    • Parceria com Cursos de Nutrição do município: as UBS realizam o encaminhamento de crianças e adolescentes com obesidade para Clínicas dos Cursos de Nutrição de Instituições de Ensino parceiras (Universidade Positivo, Pontifícia Universidade Católica do Paraná, Faculdade Evangélica do Paraná e Unibrasil). Nesses locais, as crianças e adolescentes participam de atividades de reeducação alimentar e em algumas Instituições também existe a participação dos Cursos de Educação Física e de Psicologia no processo.

 

Arquivos disponíveis em formato pdf.

Folder Alimentação nas Doenças Crônicas
Orientações Nutricionais para Doenças
Orientações Nutricionais para Diabete
Orientações Nutricionais para Hipertensão ou Pressão Alta
Orientações Nutricionais para Colesterol e/ou Triglicerídeos Altos

 

 Programa de Atenção Nutricional às Pessoas com Necessidades Especiais de Alimentação

Programa municipal, implantado em agosto de 2006, tendo como objetivo geral  promover a atenção nutricional, bem como os cuidados gerais de saúde, de pessoas residentes em Curitiba, usuários das UBS da SMS de Curitiba, com necessidades especiais de alimentação (apresentar alergia à proteína do leite de vaca ou intolerância à lactose e ser menor de 2 anos de idade; e/ou apresentar desnutrição secundária ou doenças que comprometam o funcionamento do trato gastrointestinal; e/ou estar em terapia nutricional enteral via sonda, de acordo com critérios estabelecidos no Protocolo do Programa.
O atendimento é realizado por equipe multiprofissional, envolvendo nutricionistas, médicos e enfermeiros, entre outros profissionais.

Arquivos disponíveis em formato pdf.

Protocolo do Programa de Atenção Nutricional
Cartilha Terapia Nutricional Enteral Domiciliar

 

Programa de Suplementação Nutricional

Programa cuja população alvo são crianças menores de 6 meses usuárias das UBS, que encontram-se em situações em que o aleitamento materno é contra-indicado.  As crianças recebem mensalmente uma quantidade de fórmula infantil de 1º semestre à base de leite de vaca, que varia conforme sua idade.
A porta de entrada do programa, bem como o acompanhamento dos beneficiários é realizado pelas UBS. Já a distribuição da fórmula infantil é realizada pelos Armazéns da Família da Secretaria Municipal do Abastecimento (SMAB) de Curitiba.
Os recursos financeiros para manutenção do programa são provenientes do Município e do Estado.



Programa Leite das Crianças

Programa estadual, implantado em Curitiba em 2004. É destinado à diminuição da desnutrição em crianças de 6 a 36 meses de idade, pertencentes a famílias com renda média per capita mensal inferior a meio salário mínimo. Essas crianças recebem o equivalente diário de 1 litro de leite fluído pasteurizado, com teor mínimo de gordura de 3% e enriquecido com Ferro e Vitaminas A e D.
O cadastro, assim como a entrega do leite, é realizado nas Escolas Estaduais.
O acompanhamento das condições de saúde das crianças nas UBS do Município deve ser mensal.



Programa Bolsa Família

Programa federal de transferência direta de renda com condicionalidades, que beneficia famílias em situação de pobreza e de extrema pobreza. O Programa integra a Fome Zero, que tem como objetivo assegurar o direito humano à alimentação adequada, promovendo a segurança alimentar e nutricional e contribuindo para a conquista da cidadania pela população mais vulnerável à fome. O cadastro do programa em Curitiba é realizado pela Fundação de Ação Social (FAS) nos CRAS (Centros de Referência de Assistência Social).
Os beneficiários do programa menores de 7 anos e gestantes devem ter acompanhamento mínimo semestral nas UBS do Município.



Programa Nacional de Suplementação de Ferro

Programa federal, que juntamente com a fortificação obrigatória das farinhas de trigo e milho com ferro e ácido fólico e a orientação nutricional, constituem o conjunto de estratégias voltadas para controle e redução da anemia por deficiência de ferro no País.
Em Curitiba, foi implantado em outubro de 2006. A porta de entrada do programa são as UBS, que também realizam o acompanhamento da população beneficiada (crianças de 6 a 18 meses, gestantes a partir da 20ª semana e mulheres no pós-parto e pós-aborto).
As UBS realizam, concomitante à distribuição medicamentosa de sulfato ferroso e ácido fólico, atividades de orientação alimentar com a população alvo do programa.



Entendendo que a alimentação é fator de proteção ou de risco para ocorrência de grande parte das doenças e das causas de morte atuais, a Secretaria Municipal da Saúde (SMS) de Curitiba tem intensificado esforços para fortalecer a área de alimentação e nutrição, tanto com ações de promoção da alimentação saudável, quanto em ações de prevenção de doenças e distúrbios nutricionais e assistência nutricional.

 

As ações de prevenção de doenças e distúrbios nutricionais e assistência nutricional realizadas nas Unidades Básicas de Saúde (UBS) são:

 

 

Orientação nutricional na prevenção e tratamento de doenças:

 

·          Participação das nutricionistas dos NAAPS nos grupos desenvolvidos nas UBS (ex: hipertensos, diabéticos, gestantes).

·          As nutricionistas dos NAAPS possuem vários materiais que são utilizados nos atendimentos para situações específicas, como orientações para: DIABETE; HIPERTENSÃO OU PRESSÃO ALTA; COLESTEROL E/OU TRIGLICERÍDEOS ALTOS, BAIXO PESO; DOENÇA CELÍACA; GOTA/ÁCIDO ÚRICO; BAIXA IMUNIDADE; DIARREIA; ANEMIA POR DEFICIÊNCIA DE FERRO; INTOLERÂNCIA À LACTOSE; CONSTIPAÇÃO; REFLUXO GASTROESOFÁGICO, ESOFAGITE OU HÉRNIA DE HIATO; GASTRITE OU ÚLCERA GÁSTRICA; CÁLCULO RENAL.

·          A Cartilha ALIMENTAÇÃO PARA UMA VIDA SAUDÁVEL possui orientações para situações como: baixo peso; anemia; baixa imunidade; constipação; diarréia; gastrite ou úlcera; hipertensão; diabete; colesterol ou triglicerídeos altos; sobrepeso e obesidade; osteoporose.

·          A Cartilha ALIMENTAÇÃO INFANTIL – ORIENTAÇÕES AOS PAIS – 2ª EDIÇÃO possui orientações para situações como: anemia ferropriva; desnutrição; diarréia; constipação.

·          Também existe distribuição orientada de folder sobre ALIMENTAÇÃO SAUDÁVEL para: DIABETE, PRESSÃO ALTA, COLESTEROL E TRIGLICERÍDIOS ALTOS E EXCESSO DE PESO.

·          Para o tratamento do excesso de peso em usuários das UBS existem os seguintes encaminhamentos:

ü      Grupos de reeducação alimentar: destinados a crianças e adolescentes com sobrepeso e adultos e idosos com sobrepeso ou obesidade. Os grupos são coordenados pelas nutricionistas dos NAAPS e a nutricionista da Unidade de Saúde Mãe Curitibana / Unidade de Saúde Ouvidor Pardinho. Os demais profissionais dos NAAPS (profissionais de educação física, psicólogos, fisioterapeutas e farmacêuticos) também participam das atividades em grupo. Existe estruturação para que os grupos aconteçam em todas as UBS da SMS de Curitiba. A formação dos grupos acontece por faixa etária: 5 a 11 anos de idade; 12 a 19 anos de idade; 20 anos em diante. As atividades desenvolvidas levam em consideração as especificidades das faixas etárias.

ü      Parceria com Cursos de Nutrição do município: as UBS realizam o encaminhamento de crianças e adolescentes com obesidade para Clínicas dos Cursos de Nutrição de Instituições de Ensino parceiras (Universidade Positivo, Pontifícia Universidade Católica do Paraná, Faculdade Evangélica do Paraná e Unibrasil). Nesses locais, as crianças e adolescentes participam de atividades de reeducação alimentar e em algumas Instituições também existe a participação dos Cursos de Educação Física e de Psicologia no processo.

 

 

Programa de Atenção Nutricional às Pessoas com Necessidades Especiais de Alimentação:

Programa municipal, implantado em agosto de 2006, tendo como objetivo geral  promover a atenção nutricional, bem como os cuidados gerais de saúde, de pessoas residentes em Curitiba, usuários das UBS da SMS de Curitiba, com necessidades especiais de alimentação (apresentar alergia à proteína do leite de vaca ou intolerância à lactose e ser menor de 2 anos de idade; e/ou apresentar desnutrição secundária ou doenças que comprometam o funcionamento do trato gastrointestinal; e/ou estar em terapia nutricional enteral via sonda, de acordo com critérios estabelecidos no Protocolo do Programa.

O atendimento é realizado por equipe multiprofissional, envolvendo nutricionistas, médicos e enfermeiros, entre outros profissionais.

 

Programa de Suplementação Nutricional:

Programa cuja população alvo são crianças menores de 6 meses usuárias das UBS, que encontram-se em situações em que o aleitamento materno é contra-indicado.  As crianças recebem mensalmente uma quantidade de fórmula infantil de 1º semestre à base de leite de vaca, que varia conforme sua idade.

A porta de entrada do programa, bem como o acompanhamento dos beneficiários é realizado pelas UBS. Já a distribuição da fórmula infantil é realizada pelos Armazéns da Família da Secretaria Municipal do Abastecimento (SMAB) de Curitiba.

Os recursos financeiros para manutenção do programa são provenientes do Município e do Estado.

 

Programa Leite das Crianças:

Programa estadual, implantado em Curitiba em 2004. É destinado à diminuição da desnutrição em crianças de 6 a 36 meses de idade, pertencentes a famílias com renda média per capita mensal inferior a meio salário mínimo. Essas crianças recebem o equivalente diário de 1 litro de leite fluído pasteurizado, com teor mínimo de gordura de 3% e enriquecido com Ferro e Vitaminas A e D.

O cadastro, assim como a entrega do leite, é realizado nas Escolas Estaduais.

O acompanhamento das condições de saúde das crianças nas UBS do Município deve ser mensal.

 

Programa Bolsa Família

Programa federal de transferência direta de renda com condicionalidades, que beneficia famílias em situação de pobreza e de extrema pobreza. O Programa integra a Fome Zero, que tem como objetivo assegurar o direito humano à alimentação adequada, promovendo a segurança alimentar e nutricional e contribuindo para a conquista da cidadania pela população mais vulnerável à fome. O cadastro do programa em Curitiba é realizado pela Fundação de Ação Social (FAS) nos CRAS (Centros de Referência de Assistência Social).

Os beneficiários do programa menores de 7 anos e gestantes devem ter acompanhamento mínimo semestral nas UBS do Município.

 

Programa Nacional de Suplementação de Ferro

Programa federal, que juntamente com a fortificação obrigatória das farinhas de trigo e milho com ferro e ácido fólico e a orientação nutricional, constituem o conjunto de estratégias voltadas para controle e redução da anemia por deficiência de ferro no País.

Em Curitiba, foi implantado em outubro de 2006. A porta de entrada do programa são as UBS, que também realizam o acompanhamento da população beneficiada (crianças de 6 a 18 meses, gestantes a partir da 20ª semana e mulheres no pós-parto e pós-aborto).

As UBS realizam, concomitante à distribuição medicamentosa de sulfato ferroso e ácido fólico, atividades de orientação alimentar com a população alvo do programa.