Pessoa em situação de violência

     Pessoa em situação de violência 

       O Município de Curitiba, desde o ano de 2000, tem amadurecido a atuação em rede visando o enfrentamento da violência contra crianças, adolescentes, mulheres e pessoas idosas com o estabelecimento de parcerias, principalmente entre a Secretaria Municipal da Saúde, a Secretaria Municipal de Educação, a Fundação de Ação Social e  também outros Órgãos e Instituições.
     A experiência adquirida ao longo desse tempo tem evidenciado e comprovado que o trabalho em rede sustenta-se fundamentalmente por um sistema de notificação obrigatória, pela sensibilização e capacitação contínua dos profissionais envolvidos e por um conjunto de atividades e fluxos de informação estabelecidos e pactuados entre todas as instituições e serviços atuantes.
     A coordenação do trabalho em rede para o enfrentamento da violência, a articulação dos serviços, a organização das reuniões e das capacitações e a gestão do banco de dados se encontra no Centro de Epidemiologia da Secretaria Municipal da Saúde. Os dados das notificações obrigatórias são digitados em sistemas Epi-Info e também são incluídos no Sistema de Informação de Agravos de Notificação (SINAN) do Ministério da Saúde, o que  possibilita a emissão de relatórios mensais e a análise quantitativas e qualitativas, entre outras, permitindo construir o perfil epidemiológico da violência contra crianças, adolescentes, mulheres e pessoas idosas em Curitiba.

Ficha de notificação obrigatória

Instrutivo de preenchimento da ficha notificação obrigatória

 

 Relatórios:

Relatório de Notificações da Rede de Proteção e do Mulher de Verdade 2011

Relatório de Notificações da Rede de Proteção de 2010

Relatório de Notificações da Rede de Proteção de 2009

Relatório de Notificações Mulher de Verdade de 2010

Relatório de Notificações Mulher de Verdade de 2009