Escola Saudável

Vida SaudávelPromoção de Saúde em Escolas Municipais de Curitiba

A estratégia de promover saúde em ambientes coletivos, como as escolas, pode ser garantida com ações multisetoriais que potencializem recursos e conhecimentos para a construção de medidas que provoquem impacto positivo na qualidade de vida e saúde das pessoas vinculadas a estes espaços.

Escolas são consideradas ambientes apropriados para a promoção de saúde de crianças e adolescentes uma vez que podem eficazmente promover sua saúde, auto-estima, comportamentos, além de habilidades para a vida cotidiana tais como capacidade para tomadas de decisão, comunicação, compreensão de emoções, pensamento crítico e manejo de estresse. Além disso, escolas podem caracterizar-se por um espaço onde a saúde de todos os membros de sua comunidade (professores, funcionários e familiares, além de estudantes) pode ser promovida (WHO, 1997).

Uma Escola Promotora de Saúde tem sido definida como "uma escola que está constantemente reforçando sua capacidade como um ambiente saudável para viver, aprender e trabalhar" (WHO, 1998). É uma escola que:

  • Adota e promove saúde e aprendizado com todas as medidas de que dispõe;
  • Engaja profissionais de saúde e educação, professores, associações, estudantes, pais, provedores de saúde e líderes da comunidade em esforços para fazer da escola um ambiente saudável;
  • Empenha-se para promover um ambiente saudável, educação saudável e serviços de saúde na escola ao longo de projetos escola/comunidade, programas de promoção de saúde para seus funcionários, programas de nutrição, oportunidades para educação física e recreação, aconselhamento, suporte social e promoção de saúde mental;
  • Implementa políticas e práticas que respeitem o bem estar e a dignidade do indivíduo; proporciona oportunidades para o sucesso e o reconhecimento de esforços alcançados individualmente;
  • Empenha-se pela melhoria da saúde do pessoal da escola, famílias e membros da comunidade tanto quanto dos alunos; trabalha com líderes da comunidade para ajudá-los a entender como a comunidade contribui para a saúde e educação.

A Organização Mundial da Saúde, através da Iniciativa Global de Saúde Escolar, tem disseminado o conceito de Escolas Promotoras de Saúde, incitando agências nacionais e internacionais, comunidades, organizações governamentais e não governamentais e o setor privado a investirem nesta estratégia pelo seu potencial para promover a saúde física, social e emocional de estudantes, trabalhadores e membros da comunidade.

A Prefeitura Municipal de Curitiba, através do Programa Vida Saudável, vem aprimorando seu suporte à criação de Ambientes Saudáveis, envolvendo Universidades, Empresas e Escolas na responsabilização pela gestão da promoção da saúde na cidade.

Como uma das atividades que oportunize o envolvimento das escolas municipais na promoção da saúde, propõe-se a integração de ações com os projetos Universidade Saudável e Projeto Adolescente Saudável da Secretaria Municipal da Saúde.

A formação de redes de adolescentes protagonistas para o desenvolvimento de ações na escola e comunidade onde vivem, abordando questões relacionadas a saúde, direitos, cidadania, auto-estima, tem sido apontada como uma estratégia importante promoção de saúde e qualidade de vida nestes ambientes.

Com foco no processo de adolescer saudável e temas mais relevantes para esta população, como gravidez na adolescência, drogadição, alcoolismo, tabagismo, sexualidade, doenças sexualmente transmissíveis, AIDS, este projeto se propõe a estabelecer parcerias institucionais para fortalecer o processo de formação de grupos capacitados e comprometidos com a discussão destes temas com adolescentes e comunidades envolvidas com as escolas municipais de Curitiba.