Conselhos de Saúde

Conselhos Locais de Saúde

Após a realização da 1ª Conferência Municipal de Saúde, iniciou-se a formação de Conselhos Locais de Saúde. Ainda em 1991, foram constituídos os dois primeiros: CLS Jardim Paranaense e CLS Cachoeira. O CMS normatizou e regulamentou a criação e funcionamento de CLS através da resolução de 12/05/92.

Atualmente, o município de Curitiba conta com 106 Conselhos Locais de Saúde, contemplando a grande maioria das Unidades de Saúde da capital paranaense.

A Conferência Local é um momento privilegiado pois constrói uma fotografia, um mapa que representa a condição de vida da comunidade. Na conferência, organizada em pequenos grupos, a comunidade discute os problemas de saúde e busca consenso sobre aquilo que deve ser priorizado.

Os conselheiros locais devem fazer a proposição e o acompanhamento das ações a serem desenvolvidas na região atendida pela Unidade de Saúde do bairro. Participam das Conferências Locais os representantes de diversas entidades, como por exemplo: associações de moradores, grupos de alcóolicos anônimos, diretores de escolas e creches, grupos de mães, associações de pais e professores, profissionais de saúde, além de entidades religiosas, prestadores e gestores da área da saúde.

Uma das diretrizes da Secretaria Municipal de Saúde é o planejamento local de saúde e, ao estabelecer um Conselho Local de Saúde, a comunidade dá um passo importante e decisivo para as definições da política local de saúde. Na Conferência Municipal de Saúde é garantida vaga de delegado a um representante de cada Conselho Local de Saúde, que tenha participado da Conferência Distrital de Saúde.

Veja mais sobre as atribuições dos Conselhos Locais e Distritais de Saúde nos Regimentos:

Regimento Conselho Local

Regimento Conselho Distrital