Notícias

  • baleiaSecretaria Municipal da Saúde alerta sobre "jogo" Baleia Azul

    A Secretaria Municipal da Saúde de Curitiba alerta pais e responsáveis por crianças e adolescentes e os profissionais da educação e saúde em relação ao “jogo” Baleia Azul, que propõe 50 desafios aos participantes e sugere o suicídio como última etapa. Nesta madrugada, a rede municipal de saúde registrou cinco tentativas de suicídio entre adolescentes de 13 a 17 anos, que foram atendidos e encaminhados para acompanhamento em Centro de Atenção Psicossocial (Caps). Em todos os casos, havia sinais de automutilação e ingestão de medicamentos.Leia mais...

  • vacina gripe

    Idosos são os que mais se vacinaram contra a gripe

    A Secretaria Municipal da Saúde já vacinou 69.402 pessoas conta a gripe, em Curitiba. Os números, divulgados nesta quinta-feira (20/04), mostram que os idosos foram quem mais procuraram os postos de saúde para se imunizarem contra a doença. Foram 47.748 doses aplicadas, o que corresponde a 23,8% da população idosa de 200.899.Leia mais...

  • Aplicativo Saúde Já Curitiba começa a ser testado na Regional Portão

    O prefeito Rafael Greca e o secretário municipal da Saúde de Curitiba, João Carlos Baracho, lançaram nesta quarta-feira (12/04) o projeto-piloto do aplicativo Saúde Já Curitiba, na Unidade de Saúde Parolin. Com o aplicativo, os usuários poderão agendar pelo celular o atendimento nos postos de saúde, evitando a necessidade de ir para a fila de madrugada, em busca de senha. O aplicativo também estará disponível via web pelo endereço eletrônico saudeja.curitiba.pr.gov.br.

    Leia mais...
  • exames

    Mutirão de exames vai atender 72 mil pessoas

    Visita do prefeito Rafael Greca e do secretário municipal da saúde de Curitiba, João Carlos Baracho, ao Hospital Erasto Gaertner, deu início ao Mutirão de Exames Complementares nesta quinta-feira (30/03). O mutirão faz parte do calendário de comemorações do aniversário de Curitiba e também é parte da estratégia Saúde Já, lançada no último mês.

    Com investimento R$ 12 milhões e a perspectiva de beneficiar 200 mil pessoas aproximadamente, o Saúde Já prevê um conjunto de ações para diminuir o tempo de espera nas filas por exames, consultas e cirurgias na capital. Apenas no mutirão de Exames Complementares serão beneficiadas 72.245 pessoas, 46.827 a mais que o previsto inicialmente. Além do Hospital Erasto Gaertner, o mutirão de Exames Complementares será realizado no Hospital Cruz Vermelha e Hospital do Idoso.

    Leia mais...
  • Mutirão de Ortopedia vai atender 25 mil pessoas

    foto: Joel Rocha/SMCSO prefeito Rafael Greca e o secretário municipal da saúde de Curitiba, João Carlos Baracho, deram início ao Mutirão de Ortopedia hoje, com uma visita ao Ambulatório SAM 8 do Hospital de Clínicas. A ação integra as comemorações dos 324 anos de Curitiba e também é parte da estratégia Saúde Já, lançada em fevereiro. Com um investimento R$ 12 milhões e a perspectiva de beneficiar 200 mil pessoas aproximadamente, o Saúde Já prevê um conjunto de ações para diminuir o tempo de espera nas filas por exames, consultas e cirurgias na capital.

    Há 25.405 pessoas na fila da Ortopedia e o tempo médio de espera chega a 22 meses para consulta, se não houvesse uma ação como a do Saúde Já. No caso de necessidade de uma cirurgia de ombro e cotovelo, a espera poderia chegar a 82 meses. Os beneficiados pelo mutirão serão atendidos, além do Hospital de Clínicas, também no Hospital Evangélico, Trabalhador, Cajuru, Santa Casa, São Vicente, Madalena Sofia, Centro Hospitalar de Reabilitação.

    Leia mais...

Unidades de Saúde

Unidades de Saúde

Confira a lista de endereços dos equipamentos da SMS.

Leia Mais

Orientação e Prevenção

Orientação e Prevenção

Veja como ter uma vida saudável e manter hábitos de proteção da sua saúde.

saiba mais

Ouvidoria SUS Curitiba

ouvidoria-sus

Dúvidas, reclamações e opiniões sobre a saúde de Curitiba? Conheça a Ouvidoria do SUS. 

Saiba Mais                                       

 

Taxa de mortalidade infantil

mortalidadeA taxa de mortalidade infantil em Curitiba apresenta uma tendência constante de queda.

 
Dados preliminares de 2014 apontam a menor taxa de mortalidade infantil já alcançada pelo município.

A Secretaria

  • Planejar e executar a política de saúde para o Município de Curitiba
  • Responsabilizar-se pela gestão e regulação dos serviços próprios e conveniados
  • Monitorar doenças e agravos
  • Realizar a vigilância sanitária sobre produtos e serviços de interesse da saúde
  • Visar uma população mais saudável