Notícias

  • Fundação muda nome e pode contratar médicos para unidades de Saúde

    O prefeito Rafael Greca sancionou nesta quarta-feira (18/9) a lei 15.507, que amplia o escopo de atuação da antiga Feaes, que passa a se chamar Fundação Estatal de Atenção em Saúde (Feas).

    Com isso, a fundação poderá contratar profissionais para as 111 unidades de saúde de Curitiba por meio de processo seletivo público, em regime jurídico que segue a Consolidação das Leis do Trabalho (CLT).

    “Quem busca qualquer uma das nossas unidades tem pressa. Não se pode negligenciar atendimento. A nova lei torna a fundação mais uma guardiã da atenção primária à saúde”, disse Greca.

    Leia mais...
  • Unidades de Saúde de Curitiba emitem carteira de vacinação internacional

    Boa notícia para quem vai viajar de Curitiba para o exterior: as unidades de saúde Abranches, Ouvidor Pardinho e Santa Felicidade já começaram a emitir o Certificado Internacional de Vacinação ou Profilaxia (CIVP). Antes, o documento só era liberado no Aeroporto Internacional Afonso Pena, em São José dos Pinhais, na região metropolitana.

    O certificado comprova que o viajante foi imunizado contra várias doenças, principalmente a febre amarela. O documento é necessário quando a viagem tem como destino – ou escala/conexão – países que exigem o CIVP.

    Leia mais...
  • samu-15anosSamu Curitiba faz 15 anos com a maior renovação de frota da história

    Com a maior renovação de frota de toda a sua história, o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) Curitiba comemora, em 15 de setembro, 15 anos de operação no município. Desde o início desta gestão, Curitiba recebeu 32 novas ambulâncias, renovando 100% da frota operacional do Samu (composta por 28 veículos) e atualizando 80% da frota reserva (composta por cinco veículos).

    O aniversário do Samu Curitiba e a evolução dos serviços prestados foram temas de homenagem na Assembleia Legislativa, nesta terça-feira (10/9), por proposição do deputado estadual Michele Caputo Neto. O evento contou com a presença do prefeito Rafael Greca.

    Leia mais...
  • Consumo de alcool

    Teste ajuda identificar consumo abusivo de bebidas alcoólicas

    Legalizadas e bem aceitas na sociedade, as bebidas alcóolicas estão presentes na maioria dos eventos sociais. Mas o consumo descontrolado pode se tornar um problema. Para avaliar se a relação com o álcool oferece riscos à saúde, o Portal do Programa Escute o seu Coração oferece um teste.

    O teste pode ser feito neste link, além do resultado, o portal orienta sobre os riscos e punições legais ao dirigir sob o efeito de álcool. O objetivo é oferecer uma ferramenta no portal do Programa Escute o Seu Coração para auxiliar a identificar fatores que podem comprometer a saúde e incentivar a prevenção das doenças do sistema cardiocirculatório.

    Leia mais...
  • Saiba quem precisa se vacinar contra o sarampo

    Curitiba registrou nesta terça-feira (27/8) o quarto caso de sarampo na cidade. Ambos são importados de outras regiões.

    Não há motivo para alarme, são raros os casos de o sarampo levar à morte. Mas o caso reforça a importância da vacinação para que a doença não se espalhe.

    A vacina é segura e é a melhor forma de evitar a doença.

    Veja as orientações da Secretaria Municipal da Saúde de Curitiba.

     

    Sarampo: doença e vacinação.

    Quem deve se vacinar?

    Pessoas de 1 a 49 anos de idade.

    Para saber se precisa tomar a dose, é preciso verificar a situação vacinal (saiba mais abaixo).  Quem está com o esquema vacinal completo, não precisa repetir a dose.

    Leia mais...

Unidades de Saúde

Unidades de Saúde

Confira a lista de endereços dos equipamentos da SMS.

Leia Mais

Orientação e Prevenção

Orientação e Prevenção

Veja como ter uma vida saudável e manter hábitos de proteção da sua saúde.

saiba mais

Ouvidoria SUS Curitiba

ouvidoria-sus

Sugira, Critique, Elogie e tire suas duvidas. Conheça a Ouvidoria do SUS Curitiba.

Saiba Mais                                       

 

Taxa de mortalidade infantil

A taxa de mortalidade infantil em Curitiba apresenta uma tendência constante de queda.

taxaMortalidade1997-2018


Fonte: Sistema de Informação sobre Mortalidade (SIM); Sistema de Informação sobre Nascidos Vivos (SINASC)
Elaboração: SMS Curitiba - Centro de Epidemiologia/CEV
Nota: 2017* dados preliminares

A Secretaria

  • Planejar e executar a política de saúde para o Município de Curitiba
  • Responsabilizar-se pela gestão e regulação dos serviços próprios e conveniados
  • Monitorar doenças e agravos
  • Realizar a vigilância sanitária sobre produtos e serviços de interesse da saúde
  • Visar uma população mais saudável