Saúde de Curitiba divulga novo cronograma de vacinação com a 4ª dose anticovid

quarta dose

A Secretaria Municipal da Saúde (SMS) de Curitiba divulga novo cronograma para a aplicação da 4ª dose da vacina anticovid. Na próxima semana serão atendidos de forma escalonada os nascidos entre o segundo semestre de 1990 e segundo semestre de 1992.

Na segunda-feira (5/12), serão vacinados os nascidos no segundo semestre de 1990. Na terça-feira (6/12), será a vez de quem nasceu no primeiro semestre de 1991.

A convocação de novo grupo continua na quarta-feira (7/12), com os nascidos no segundo semestre de 1991. Na quinta-feira (8/12), serão vacinados os do primeiro semestre de 1992. Na sexta-feira (9/12), poderão receber a vacina os nascidos no segundo semestre 1992.

Com alta tecnologia, Laboratório Municipal faz 27 mil exames por dia

laboratorio-vice

Com equipamentos de alta tecnologia, o Laboratório Municipal de Curitiba processa cerca de 27 mil exames por dia e garante diagnósticos com maior agilidade para os usuários dos serviços públicos de Saúde da cidade.

Equipado com alto nível de automação, informatização e tecnologia, aliado aos conhecimentos de uma equipe especializada, o espaço tem uma estrutura de referência para outros laboratórios públicos e privados do mundo.

“Esse laboratório é um orgulho para nossa gestão. Fiquei encantado com o que vi aqui hoje, equipamentos modernos e um trabalho de muita qualidade”, disse o vice-prefeito, Eduardo Pimentel em visita ao laboratório.

Em 2018, uma das medidas da gestão foi ampliar o funcionamento do laboratório para 24 horas. Desde a mudança, a estrutura é capaz de realizar 600 mil exames mensais, de 142 tipos e diferentes níveis de complexidade.

Por falta de doses, Curitiba suspende novos agendamentos de vacina anticovid de bebês menores de 3 anos, sem comorbidades

Por falta de envio de novas doses de Pfizer Baby pelo Ministério da Saúde, a partir desta sexta-feira (2/12) Curitiba suspende novos agendamentos para a vacinação contra covid-19 para os bebês menores de 3 anos, sem comorbidades. Fica suspensa também a vacinação deste público por procura direta nos pontos de vacina.

O município irá manter, entretanto, os 300 agendamentos já programados para este grupo, via Central Saúde Já, para os próximos dias. Curitiba também segue vacinando, enquanto durarem os estoques, os bebês de 6 meses a 2 anos, com comorbidades, mediante agendamento pela Central Saúde Já, que funciona todos os dias, das 8h às 20h, pelo telefone 3350-9000.

A imunização do grupo entre 6 meses e 2 anos, com comorbidades, foi aberta em 18/11. Após isso, gradualmente, foram sendo convocados os bebês desta faixa etária sem comorbidades nascidos até 31 de dezembro de 2020, mediante agendamento pela Central Saúde Já.

Mas, com a boa adesão deste público, somada à falta do envio de novos lotes da vacina Pfizer Baby, única liberada para esta faixa etária pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), novos agendamentos e a vacinação por procura direta para os bebês sem comorbidades precisou ser suspensa na capital paranaense nos próximos dias.

Até o momento foram vacinados 1.318 bebês entre 6 meses e 2 anos de idade com a 1ª dose. Curitiba recebeu, ao todo, 2.490 doses de Pfizer Baby destinada à 1ª dose. As demais 4.980 vacinas de Pfizer Baby destinadas para a aplicação da 2ª e 3ª doses dos já vacinados, para completar o esquema vacinal recomendado, permanecem reservadas no estoque da Secretaria de Estado da Saúde e serão entregues em tempo oportuno.

Curitiba convoca novo grupo de bebês para vacinação contra a covid-19

A partir desta quarta-feira (30/11), Curitiba amplia a vacinação dos bebês menores de três anos sem comorbidades com a primeira dose da vacina contra a covid-19. Estão sendo convocados neste momento aqueles nascidos entre 1 de julho de 2020 a 31 de dezembro de 2020.

Aqueles já convocados anteriormente – menores de 3 anos, nascidos até 30 de junho de 2020 – permanecem com a vacinação aberta também. Devido à limitação de doses da única vacina liberada para esta faixa etária, novas convocações dependem de avaliação do estoque e do envio de nova remessa.

A vacinação dos pequenos acontece em dez unidades de saúde específicas, de segunda a sexta-feira, das 8h às 17h. Os endereços podem ser conferidos no site Imuniza Já ou abaixo.

Para facilitar o fluxo de atendimento e evitar perda de doses, a Secretaria Municipal da Saúde (SMS) orienta que pais e responsáveis dos bebês menores de três anos, que já foram convocados, agendem a aplicação da vacina pela Central Saúde Já, pelo telefone 3350-9000. A Central funciona todos os dias, das 8h às 20h.

“Aqueles que não conseguirem fazer o agendamento podem fazer a busca direta pela vacina, mas é muito importante dar preferência pela vacina agendada, pois ela otimiza as doses e o tempo da vacinação”, orientou a superintendente de gestão da SMS, Flávia Quadros.

O agendamento é indicado apenas para a vacina dos bebês menores de 3 anos convocados. Não sendo necessário para crianças com três anos completos ou mais ou outras faixas etárias.

Inclusive, as crianças que forem completando três anos antes do recebimento da primeira dose passam a se enquadrar no esquema vacinal do grupo de 3 e 4 anos e podem buscar diretamente uma das dez unidades de saúde com a vacina disponível para essa faixa etária. 

Saúde vacina nascidos entre 1988 e o 1º semestre de 1990 com a 4ª dose anticovid

chamamentos-ate-1990

A Secretaria Municipal da Saúde (SMS) de Curitiba amplia a aplicação da 4ª dose da vacina anticovid e convoca de forma escalonada os nascidos entre 1988 e o primeiro semestre de 1990.

Na segunda-feira (28/11), serão vacinados os nascidos no primeiro semestre de 1988. Na terça-feira (29/11), será a vez de quem nasceu no segundo semestre de 1988.

A convocação de novo grupo continua na quarta-feira (30/11), com os nascidos no primeiro semestre de 1989. Na quinta-feira (1º/12), serão vacinados os do segundo semestre de 1989. Na sexta-feira (2/12), poderão receber a vacina os nascidos no primeiro semestre 1990.

Com essas convocações, a aplicação da 4ª dose da vacina contra a covid-19 atinge pessoas com 32 anos. Para receber a dose de reforço é preciso ter recebido a 3ª dose há 120 dias ou mais.